e

novembro/2007 | Profissionais

Suzana Gib: Psicologia e Comunicação

Formada em Psicologia pela PUCRS, a professora Suzana Gib Azevedo trabalha na Universidade desde 1987. Ao contrário do que seria “óbvio”, é professora na área de comunicação – Relações Públicas e Publicidade e Propaganda – na FAMECOS.

Formação acadêmica: Psicologia – PUCRS

Primeiro emprego: Consultório de Psicologia – PUCRS

Por que escolheu esta profissão?

Sempre tive tendência para tentar compreender as relações humanas, o porquê das atitudes e sempre gostei de ser ouvinte.

Pontos positivos e negativos da profissão:

Positivos: Psicologia é a ciência que estuda o comportamento individual associado ao aspecto social e o constante ajustamento dos indivíduos dos diferentes grupos, além de ser uma área que embasa outras, como por exemplo a comunicação.

Negativos: como trabalhamos com pessoas de diversas personalidades, muitas crendices e mitos populares constantemente têm que ser desmistificados.

Quando e como iniciou o trabalho na PUC?

Iniciei em 1987, com a disciplina de Psicologia da Comunicação para os cursos de Publicidade e Propaganda, Relações Públicas e Jornalismo. Prossegui com as disciplinas de Comportamento do Consumidor, Criatividade, Negociação e Orientação de TCC para o curso de Publicidade e logo após Comunicação Interpessoal e Orientação de TCC para o curso de Relações Públicas.

Indicação de leitura:

  • Área: Livros a respeito de comportamento humano no trabalho e psicologia clínica. Cito como exemplo os autores: Jürgen Habermos e Nitzsh.
  • Lazer: Mulheres que correm como lobos

Empresa que marcou vida profissional?

Não tenho uma empresa específica, pois cada uma tem uma cultura diferente. Acredito que a junção de todas coopera para o desenvolvimento.

O que gosta de fazer nas horas vagas?

Ir ao cinema, caminhar e ir para o sítio.

Um lugar para estar agora:

Minha casa

Um fato marcante:

Minha pré-escola. Considero a fase mais feliz da minha vida, pois construí amizades que mantenho até hoje. Mas claro que também foram importantes a minha formatura, meu casamento e o nascimento dos meus filhos.

Projeto de vida:

Tenho muita vontade de trabalhar como voluntária, não necessariamente na área de psicologia, mas para isso preciso de mais tempo livre.

Balanço profissional:

Me sinto realizada com a escolha profissional, sei que estou na área certa. Me considero uma pessoa com personalidade desafiadora, que para a psicologia torna-se um estímulo.

Veja mais em 

Mulheres no comando

Mulheres no comando

A presença de liderança feminina nas empresas brasileiras cresceu nos últimos anos, embora ainda...

Encontre um conteúdo do seu interesse

Utilize o campo abaixo para buscar por palavras-chave.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!