, e

junho/2016 | Notícias

Melhor idade: como as organizações estão interagindo com esse público?

13514336_1124095427657890_921080723_n

Terceira idade está cada vez mais conectada ao mundo virtual. Foto: Rafael Rodrigues.

Nesta época em que a disseminação de informações ocorre de maneira quase instantânea, a internet tem se tornado um dos principais meios de comunicação entre as pessoas. Mas, ao falar de tecnologia, não podemos generalizar somente entre os jovens, as gerações mais antigas, especialmente os idosos, estão fazendo parte deste mundo virtual. Temos como destaque o Facebook, que vem ganhando mais acessos e usuários conectados. É a rede favorita dos idosos. Segundo a pesquisa realizada pela Telehelp, 95% dos entrevistados diz ter conta e fazer uso do site. A pesquisa foi realizada em setembro de 2014 e entrevistou 568 pessoas em todo o Brasil com idade acima de 60 anos.

Facebook, a rede social preferida dos idosos. Foto: Jewel Samad.

Facebook, a rede social preferida dos idosos. Foto: Jewel Samad.

Quem pensa que eles não entendem nada, está muito enganado. Extremamente engajados e curiosos, exploram o ambiente virtual em busca de novos conhecimentos e se atualizar de diversas formas. Estes “velhinhos dinâmicos” são muito exigentes em relação à postura e aos produtos das empresas, e querem ser reconhecidos como parte desta nova geração tecnológica. Quando as organizações divulgam seus produtos ou suas marcas, esquecem de produzir conteúdo para este público, perdendo, muitas vezes, a chance de expandir suas vendas e legitimar aquelas pessoas que supostamente não interagem com seus canais de comunicação. O grande problema das empresas é subestimá-los e não acreditar em seu potencial.

O mercado de tecnologia e informação no Brasil, que constantemente apresenta novidades, deveria investir na comunicação com este público, pois eles estão presentes e atentos a todas as situações. Criar estratégias que contemplem este tipo de segmento é só o começo. É necessário que os profissionais da comunicação incentivem as organizações a desenvolverem propostas com uma boa base de dados, utilizando a pesquisa como aliada, para levantamento de informações sobre esta classe. Principalmente pela questão da idade, os idosos necessitam de mais atenção, gostam de se sentir importantes e contribuir com suas opiniões recheadas de sabedoria. Precisamos enriquecer as plataformas com conteúdos para este segmento e, desta forma, trazer o sentimento de pertencimento a eles. Todos são públicos, todos interagem. Com diferentes estratégias e ideias inovadoras, todos saem ganhando.

Veja mais em 

Instagram: do 0 ao boom!

Instagram: do 0 ao boom!

Ter sucesso no Instagram é o desejo de muitas marcas, empresas e pessoas. Para isso acontecer...

Encontre um conteúdo do seu interesse

Utilize o campo abaixo para buscar por palavras-chave.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!