e

junho/2009 | Artigos

Companhia aérea Air France: crise de imagem?

A Air France/KLM é considerada a maior companhia aérea do mundo em questão de faturamento, com mais de 100 mil funcionários e cerca de 620 aeronaves em operação.

Ela é o resultado da fusão entre duas empresas: Air France e KLM, que continuam a voar nas suas próprias cores, no entanto, oferecem serviços conjuntos.


Por ser uma empresa mundial, transporta pessoas de todos os lugares do mundo, sendo a preferência entre brasileiros que moram no exterior e viajam frequentemente ao Brasil.


Assim como todo o setor aéreo mundial, a Air France-KLM vem desde o ano de 2008 sofrendo com a crise financeira. Do final de 2007 até o final do ano de 2008, sofreram perdas com a disparada do preço dos combustíveis e, nos últimos meses, com a enorme queda no tráfego de cargas e passageiros.


No último ano fiscal, encerrado em março deste ano, a Air France-KLM teve seu primeiro prejuízo desde que se juntaram. A queda no faturamento chegou a 814 milhões de euros (US$ 1,1 bilhão). No exercício anterior, o grupo lucrou 756 milhões de euros. No último trimestre, entre janeiro e março deste ano, as perdas líquidas foram de 505 milhões de euros (US$ 687 milhões).


Como se não bastasse essa crise financeira, a Air France sofreu um novo abalo em 1º de julho, quando um Air Bus decolou na noite de domingo do aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, e deveria pousar no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, no horário das 11h15min (6h15min de Brasília), desapareceu no mar. O avião levava 216 passageiros e 12 tripulantes.


O avião sumiu dos radares após atravessar uma área de turbulência e sofrer uma pane. Foram localizados no Atlântico destroços da aeronave e corpos das vítimas. Entre os possíveis motivos investigados para a queda do avião estão: Raio, falha estrutural, bomba, despressurização, queda livre, etc.


Mais que uma crise financeira, agora a Air France precisará resolver as crises de imagem que irão surgir. Cabe ao profissional de Relações Públicas e ao setor de comunicação da Empresa formular e implantar os planos de prevenção a supostas crises de imagem que possam surgir. A função do profissional não é somente na hora da crise, mas antevê-las e possuir um planejamento por trás de possíveis crises.


No caso da Air France, a área de comunicação da empresa deve estar muito bem preparada, uma vez que, este tipo de crise pode desestruturar não só o setor de comunicação, mas toda a empresa.

Veja mais em 

Encontre um conteúdo do seu interesse

Utilize o campo abaixo para buscar por palavras-chave.

Pin It on Pinterest

Compartilhe!