Alice Hammes Ferreira estuda Relações Públicas na PUCRS e é apaixonada pelo Japão. Aos 12 anos de idade, começou a conhecer a cultura japonesa por meio dos quadrinhos locais, conhecidos como mangás e animes. Depois, despertou interesse pela cultura e arquitetura do país. Atualmente, ela está fazendo intercâmbio no Japão e vive a realização de um grande sonho.

Alice Hammes (Foto: arquivo pessoal)

A proximidade com o país começou na adolescência e, a partir de pesquisas, foi conhecendo  e fazendo amizades que tinham o mesmo interesse. Alice sempre desejou fazer intercâmbio, mas pensava na possibilidade de ir para outros países, mas não ao Japão. Até que, em 2017, viu que tinha uma bolsa de ensino para o país asiático, mas já estava fora do prazo, então começou a se preparar para isso. No ano de 2018 acompanhou de perto a página da Mobilidade Acadêmica da PUCRS e deu início ao processo. A mudança de país não foi vista com medo e insegurança por Alice, pois seu desejo e interesse pela experiência superava isso: “O maior medo era de não entender as aulas em inglês e, nas aulas de japonês, a mistura dos idiomas. Consequentemente não ter um bom desenvolvimento”, disse Alice. Além dos desafios, conta como foi o apoio que recebeu da família, amigos e professores da Universidade, como a coordenadora do curso. “A Professora Ana Baseggio, me auxiliou na escolha das cadeiras que poderia cursar”, comenta a estudante. Em relação aos pais e amigos, comemoraram juntos. A família manifestou uma saudade antecipada, mas, com o tempo, foram todos se adaptando e comemorando a conquista da universitária.

Alice chegou no Japão no mês de março e ficará até agosto, foi recebida pela Shopia University e comenta que a instituição mantém um bom relacionamento com os intercambistas, enviando por e-mail orientações gerais e, até mesmo, possibilidades de trabalhos para os que estão temporariamente no país. Além de dividir um pouco de sua experiência conosco, a futura relações-públicas deixa dicas preciosas para os alunos que desejam fazer intercâmbio.

#FicaaDicadaAlice

1. Acompanhar a página da Mobilidade Acadêmica – PUCRS

2. Se preparar e buscar no mínimo o nível básico de inglês

3. Organização financeira (economias)

4. Se esforçar para ter médias boas nas cadeiras (acima de 8)

5. Correr atrás dos objetivos traçados

6. Buscar constantemente informações

7. Ter passaporte e visto

8. Conhecer a cultura local

9. Fazer networking com pessoas do mesmo interesse

10. Conhecer pessoas que já estiveram no país