Endomarketing, não é só mais um adjetivo legal “moderninho” na gestão de uma organização. É uma forma de engajamento que mobiliza e gera resultados, pois lida diretamente com a visão do primeiro público que qualquer empresa tem: seus públicos internos. Endomarketing é um conjunto de estratégias e ações de marketing voltado para funcionários, acionistas, distribuidores, fornecedores, revendedores os faz tornar embaixadores da marca.

Analisa de Medeiros Brum, Relações Públicas, renomada no estudo da Comunicação Interna e do Endomarketing, publicou oito livros sobre o tema, fundadora e diretora da HappyHouse, agência de Inteligência em Endomarketing; considera que: “a importância sobre o tema sempre existiu e sempre se perdurará, pois onde há instituições com colaboradores ou profissionais liderando pessoas é relevante essa comunicação interna. A diferença é que, atualmente, as empresas estão muito mais conscientes, em destaque maior para as empresas com um grande número de funcionários ou muitas unidades, porque precisam ainda mais”.

Segundo pesquisa do Instituto Locomotiva em parceria com o Grupo LTM realizada em dezembro de 2017 e publicada na revista Melhor Gestão de Pessoas da ABRH Brasil em maio de 2018, 56% dos brasileiros gostariam mudar de trabalho. O estudo também mostra que 90% consideram importante que as empresas reconheçam seus funcionários por meio de elogios ou, por exemplo, por meio sua foto no funcionário do mês ou até alguma atitude diária que os valorize. Mas que, apesar do descontentamento de dois terços dos trabalhadores, essa situação pode ser revertida se as empresas investirem em boas práticas de reconhecimento, liderança e comunicação efetiva.

Alunos da Famecos no planejamento de um trabalho em grupo. Foto: Gabriela Antonini

Segundo Patrícia Soares, Relações Públicas, diretora da Unidade Móvel consultoria especializada em endomarketing: “ao melhorar a qualidade da comunicação com seu público interno, as organizações tendem a gerar ganhos no clima e integração coletiva, afetando de forma positiva na qualidade dos produtos e/ou serviços oferecidos pela empresa. Afinal, pessoas felizes naturalmente produzem mais e melhor”.

Os públicos internos podem ter uma percepção diferente de apenas um negócio, o seu local de trabalho passa a ter carisma, empatia, uma forma mais humana e pode considerar como o seu plano de vida e carreira, não somente um emprego qualquer. Portanto, as ações de endomarketing que atraem e engajam acabam refletindo nos seus públicos externos, porque os seus públicos internos satisfeitos são o seu primeiro e principal influenciador.